Gemidos

by matheuslopers

Eu vou te despir
Não sou o bobo que aparento
Eu quero partir você
Entre lençóis e cortinas
Desejo lhe sentir por dentro
Ser seu anseio por viver
Ser suas vontades mais sujas
Revirar seu corpo com minha boca e morder…

(pausa)

Rasgar sua roupa
Virar você do avesso
até encontrar seu amar
Sem amor!

Não quer sua fofura
Quero seu delirio
Não quero seu dengo
Quero seu arrepio
Não quero seu carinho e desejos de um futuro
Quero seu olhar no meu
Tocar você
Seu corpo contra o meu
Enlouquecer em seu quadril
Sentir seu suor
E em plena explosão, pressão, animalidade, choque, raça, força observar seu sorriso de canto de rosto.

Eu quero ser teu inferno
Quero ser o demônio que você recorre
O amor que você não assume
Ser teu mal, lhe fazendo o bem
Sou teu Homem
Sussurre as verdades não pensadas para mim
Quem lhe faz querer viver em meus braços e morrer de prazer.
Eu vou entrar em você!

Em uma confusão de perfume
Sussurros indecifráveis
Toque-me
Faça-me urrar
Chupe-me
Monte, eu te levo para passeiar
Não seja tímido
Essa noite só há nós dois e nosso instinto.

Je veux entrer dans votre intimes et de détruire leurs vérités.