Ei, essa é para você, pássaro livre.

by matheuslopers

Eu vou pintar um lugar mais bonito, onde nós dois aprenderemos a amar. Um lugar em que você aceite meu amor, sem desaparecer, sumir ou enfraquecer. Um lugar onde não exista distância, onde o sinal não desapareça, mas que nossos telefones celulares não peguem. Pois, não quero que nada, nem ninguém, atrapalhe nosso amor. Vou pintar um quadro lindo, só com cores primárias, para que saiba, que para mim, você é personagem principal de todas as minhas apresentações, de todos os meus teatros e novelas. Pretendo pintar um lugar escondido do mundo, talvez no paraíso, para que possamos viver, saciar o nossos desejos terrenos e transbordar nosso amor celestial.
Desculpe-me, baixinho, mas não posso pintar sozinho. Esse  tipo de quadro requer dois corações apaixonados, duas almas entrelaçadas, dois corpos ocupando o mesmo espaço, querendo seguir o mesmo caminho. Desculpe-me, baixinho, porém parece que não quer seguir comigo, então, fica nesse jogo de esconde-esconde, sumindo e enquanto te procuro e nunca lhe acho. Quando vens, está sério, padrão, como uma criança que não gostaria de ser achada, ou pior, como uma criança quando a mãe a aclama o fim da brincadeira.  Mas, ainda estou aqui parado aguardando o teu depoimento final, mas não para sempre. Ficarei o tempo suficiente, por mais que a eternidade seja nossa amiga, sem você, sozinho, não suporto a companhia dela.
Ei, queres segurar na minha mão e pintar junto? Ou, prefere voltar para teu mundo e esperar o teu príncipe encantado? Desculpe-me, posso não ser o príncipe da Branca de Neve, nem tenho vocação para isso. Sou um artista, livre, pintando o mundo com minhas palavras, cores e sentimentos puros. Vivendo sob o luar, a admirar a vida. Sou um pássaro livre, com terror de gaiolas, que leva o dia a sobrevoar ao lado das nuvens brancas, no céu azul (aceita voar comigo?). Sou um artista e posso, em conjunto com você, pintar nosso mundo de outra cor. Sou um feiticeiro, um bruxo, formado em Hogwarts. Sou um astronauta, viajando pelo o universo escuro e tudo que anseio é viver a vida ao teu lado, e te mostrar todo meu conhecimento, lhe mostrar meu universo, meu mundo. E por mais que nossa história esteja eternizado no livro da vida e no meu coração, não posso forçar, tudo isso depende de você dizer que “sim”, não sumir, e ao meu lado caminhar. Quero dizer, voar.
E se depois desse texto, em contato você entrar, mesmo que seja só um “sim, eu aceito”, minha felicidade, então, transbordará.  Pois, eu sempre quis lhe dizer desde o momento que encontrei você, de forma desastrada,  no meio de uma multidão, era:
“Eu aceito você na alegria e na tristeza.
E tudo que possa vir.
Na saúde e na doença,
na felicidade, no carnaval,
melancolia e nas ceias de natal.
Eu aceito você de burca, pelado,
pagão ou problemático.
Eu aceito você com todos os defeitos,
para celebrar nossos sonhos,
na eterna concórdia,
cumplicidade,
debates,
confusão,
união e
AMOR.
Obrigado por existir,
e na confusão de sentimentos e pensamentos,
aceitou voar comigo e
não desistiu de mim.
Eu quero você”.
Amém.